Começar

1) Coloca-te as seguintes questões:

a) Que competências e recursos posso partilhar?

Ex: Cozinhar, cultivar alimentos, preservar alimentos, coser, consertar coisas, dar apoio emocional, estabelecer redes de contactos, realizar tarefas administrativas ou organizacionais, trabalhar com computadores, etc.

b) Como posso diminuir a minha dependência do sistema?

Ex: Reduzindo as minhas despesas, fazendo trocas com vizinhos, fazendo encomendas conjuntamente com amigos, encontrando novas redes para fazer negócios, etc.

c) Em quem posso confiar:
  • para partilhar competências e recursos?

  • para apoiar a minha liberdade de escolha?

  • para me ajudar a viver mais independentemente do sistema actual?

  • para prestar apoio emocional?

2) Comecem a reunir-se semanalmente para colocar as perguntas acima a cada membro e documentar (de) que competências e recursos cada pessoa precisa e pode partilhar com os outros.

É importante dar tempo a cada pessoa para discutir o que pode partilhar e quais são as suas necessidades, e também discutir ideias para facilitar a partilha de recursos. Isto pode ser tão simples como conhecimento local, ferramentas e apoio emocional. Começa onde estás e constrói a partir daí. Todos têm algo para dar, não importa quão pequeno seja.

Descubram juntos quem mais está na vossa rede que poderá contribuir para o acima mencionado e quem poderá querer participar.

Muitas pessoas estão a sentir-se muito isoladas e não sabem o que fazer para enfrentar esta crise, mas não têm de o fazer sozinhas.

Encontra uma Freedom Cell

Se estás pronto para conhecer outros que pensam como tu e trabalhar em conjunto para construir uma rede alternativa, junta-te à comunidade das Freedom Cells para encontrar membros geograficamente próximos de ti.

Obtém ajuda para encontrar outros: Junta-te à comunidade

Inspirado a agir?

Começar uma Freedom Cell

Se consegues lembrar-te de pelo menos duas ou três pessoas na tua vida com quem podes contar para o que mencionámos anteriormente, já tens uma base para a tua célula. Idealmente, devem crescer até incluir seis a dez pessoas.

Todos estão convidados a usar os passos descritos acima para começar e a juntar-se à rede alargada em Portugal para criar conexões, ajudar e partilhar o que aprenderam.

Juntar-se a uma célula operacional

Na rede portuguesa já há indivíduos a trabalhar em conjunto para criar sistemas, redes e informação que vão ao encontro das necessidades individuais e de grupo.

Além das células locais, foram criadas equipas de projecto funcionais, de duração variável, com o objectivo de criar soluções que beneficiem todas as células a nível nacional.

Por exemplo, algumas pessoas estão a ajudar outras no âmbito da privacidade e segurança nas comunicações; outras estão a documentar listas de preparação (prepping), soluções fora da rede (off-grid) e conhecimento ao nível da agricultura ou permacultura; outros estão a disseminar o entendimento de agorismo/ comércio/ permutas/ soluções de moedas alternativas, etc.

Tens competências que podes partilhar ou oferecer para ajudar na construção da rede das Freedom Cells?

Junta-te a uma equipa de pessoas que pensam como tu e estão a trabalhar em diversos projectos, tais como:

educação alternativa, direitos legais, partilha de terrenos, permacultura, segurança e muito mais!

Ideias para actividades locais

  • Oferece-te para organizar encontros na tua área local, com o intuito de ajudar as pessoas a encontrarem outros que pensem de forma semelhante.

  • Encontra agricultores locais, fornecedores e recursos online para encomendar alimentos na tua área.

  • Cria uma lista de pessoas em quem confias para continuar a fornecer serviços básicos.

  • Começa a fazer a tua preparação (prepping) em conjunto com outros e individualmente para subsistir em tempos de acesso limitado a recursos, incluindo bancos, supermercados, electricidade, combustível, água e gás.

  • Fala com outras pessoas e encaminha-as para o conceito das Freedom Cells.

  • Começa a fazer jardinagem de guerrilha e a partilhar terra para cultivar, partilhar e preservar alimentos.

  • Cria grupos de costura e tricô para fazer coisas bonitas e, simultaneamente, dar e receber apoio emocional – uma alternativa saudável à ida às compras!

  • Procura reparar e construir em vez de comprar.

  • Começa uma cooperativa ou um grupo de compras para poupar dinheiro em encomendas.

Aqui está um pequeno vídeo introdutório para explicar mais aprofundadamente o conceito:


Vês valor neste conceito? Estás preparado para criar comunidade, um futuro melhor e proteger as tuas liberdades individuais?

Junta-te à comunidade